sábado, 29 de dezembro de 2012

Esse Salmo é tudo, Louvado seja Deus


SALMOS 28

Davi roga a Deus que o aparte dos ímpios e louva-o por ter ouvido as suas súplicas
Salmo de Davi

1 A ti clamo, ó Senhor; rocha minha, não emudeças para comigo; não suceda que, calando-te a meu respeito, eu me torne semelhante aos que descem à cova.

2 Ouve a voz das minhas súplicas, quando a ti clamo, quando levanto as minhas mãos para o teu santo templo.

3 Não me arrastes juntamente com os ímpios e com os que praticam a iniqüidade, que falam de paz ao seu próximo, mas têm o mal no seu coração.

4 Retribui-lhes segundo as suas obras e segundo a malícia dos seus feitos; dá-lhes conforme o que fizeram as suas mãos; retribui-lhes o que eles merecem.

5 Porquanto eles não atentam para as obras do Senhor, nem para o que as suas mãos têm feito, ele os derrubará e não os reedificará

6 Bendito seja o Senhor, porque ouviu a voz das minhas súplicas.

7 O Senhor é a minha força e o meu escudo; nele confiou o meu coração, e fui socorrido; pelo que o meu coração salta de prazer, e com o meu cântico o louvarei.

8 O Senhor é a força do seu povo; ele é a fortaleza salvadora para o seu ungido.

9 Salva o teu povo, e abençoa a tua herança; apascenta-os e exalta-os para sempre.

Ano Novo - Inspiração

RECEITA DE ANO NOVO

Para você ganhar belíssimo Ano Novo 
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, 
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido 
(mal vivido talvez ou sem sentido) 
para você ganhar um ano 
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, 
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; 
novo 
até no coração das coisas menos percebidas 
(a começar pelo seu interior) 
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, 
mas com ele se come, se passeia, 
se ama, se compreende, se trabalha, 
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita, 
não precisa expedir nem receber mensagens 
(planta recebe mensagens? 
passa telegramas?) 

Não precisa 
fazer lista de boas intenções 
para arquivá-las na gaveta. 
Não precisa chorar arrependido 
pelas besteiras consumadas 
nem parvamente acreditar 
que por decreto de esperança 
a partir de janeiro as coisas mudem 
e seja tudo claridade, recompensa, 
justiça entre os homens e as nações, 
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, 
direitos respeitados, começando 
pelo direito augusto de viver. 

Para ganhar um Ano Novo 
que mereça este nome, 
você, meu caro, tem de merecê-lo, 
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, 
mas tente, experimente, consciente. 
É dentro de você que o Ano Novo 
cochila e espera desde sempre.

Carlos Drummond de Andrade

Natal em Destaque



"Não existe o Natal ideal, só o Natal que você decida criar como reflexo de seus valores, desejos, queridos e tradições".
Bill McKibben


"Ainda que se percam outras coisas ao longo dos anos, mantenhamos o Natal como algo brilhante.…. Regressemos a nossa fé infantil".
Grace Noll Crowell


"Oxalá pudéssemos meter o espírito de natal em jarros e abrir um jarro em cada mês do ano".
Harlan Miller


"Cartões de Natal
coloridos, tão iguais!
Mas este, ah... o amor"...
Teruko Oda


"O Natal não é uma data... É um estado da mente".
Mary Ellen Chase

domingo, 23 de dezembro de 2012

Formatura da 902

Segue o discurso que fiz:


Boa noite a todos, à mesa,  aos pais e alunos meu cumprimentos pela belíssima cerimônia que está sendo realizada nessa instituição de ensino, o CIEP Brizolão 280. É com muito orgulho e satisfação que estou aqui como o Patrono dessa brilhante e instigante turma de alunos do 9° ano: a 902.
É a minha primeira vez como Patrono de turma, e confesso que recorri ao Google para saber o significado da palavra. Diz assim:
“O Patrono é uma personalidade que tenha inspirado os alunos, é geralmente falecido” [inicialmente tomei um susto, mas depois fiquei mais tranqüilo por que o verbete ainda dizia] “... ou é um professor com o qual a turma teve plena identificação, pela sua dedicação profissional, ou pela sua personalidade, ou por ter ajudado a turma em alguma situação, por tanto seria alguém, em questão, que merecesse o reconhecimento aos “serviços prestados” sob a forma de homenagem e retribuição.” [Fecha aspas].
Bom, não poderia dizer se profissionalmente eu sou de fato alguém que cause essa repercussão, daí pensei, talvez pela minha personalidade!! – Pelo fato de ser uma pessoa muito tranqüila! Fácil de lhe dar!! Uma simpatia!! Um verdadeiro gentlemen!! Acho que não...o que vocês acham? ...não...” – bom então acho, e apenas nos restam, os tais “serviços prestados” como professor da turma.
Não conheço profissão mais valiosa e mais bonita que ser Professor, e olha que eu trabalhei em muitos lugares exercendo funções bem distintas. Fui Garçom no restaurante do meu avô, Vendedor, Gerente de Loja, Programador Visual, Assistente e Diretor de Arte, Administrador de um Haras... Enfim, conheço muitas atividades, mas nenhuma tem como objetivo o Projeto Humano, o de preparar as pessoas para a vida em sociedade. Ser professor é isso, prestar serviços, não apenas aos alunos, mas à sociedade, sim por que formamos, não apenas pessoas, mas cidadãos plenos, Jovens conscientes, capazes de perceber com detalhes todos os aspectos da sua formação, capazes de analisar, criticar, julgar, e acima de tudo, cumprir posteriormente seu papel perante a sociedade.
E sobre a turma em questão, a 902, posso afirmar que eles alcançaram todas as metas e objetivos esperados pela equipe docente, possuem todos os atributos para continuarem com o seu desenvolvimento acadêmico e em sociedade. Por isso e muito mais que não cabe aqui nesse pedaço de papel, mas somente em nossos corações eu os saúdo com os merecidos aplausos.




Arrumação do nosso multimídia Alessandro


Ó eu ai e meu amor.


sábado, 15 de dezembro de 2012

Fim de semana de Formaturas

Muitos alunos estão comemorando suas conquistas, uns terminaram o ensino fundamental, e outros o ensino médio. É apenas o começo galera, a vida continua e vocês estarão sempre precisando de estudar mais, o mundo está se especializando e não podemos parar no meio do caminho. Eu parabenizo todos os meus alunos e seus familiares, estudar requer sacrifício de ambas as partes, mas o resultado sempre aparece nas nossas vidas. 
Os que persistirem na sua formação acadêmica terão a chance de ocupar cargos de chefia, e isso galera... requer estudo e responsabilidade, muita responsabilidade. Eu sei que muitos querem só a cadeira e se esquecem de exercer sua autoridade com justeza, mas para eles o caminho não é muito longo. Ser chefe é ter maiores salários e responsabilidade. A virtude de um chefe é a sabedoria, e isso não se compra e nem se impõe com insignias ou cargos.
Também não é nenhum crime ter como objetivo um cargo menor, todos somos importantes à nossa maneira, do nosso jeito. Não é o cargo que faz o homem, é o homem que faz o cargo! Anotou ai, então espalha pra geral. 

Esse clima de formatura me bateu uma nostalgia, ano que vem a minha turma, a turma A do ensino médio do Franco Brasileiro vai fazer 30 anos que nos formamos. Olha só as fotos amareladas.... cadê o Tio Eddye? Se você achar ganha presente de Natal, hohohohoho.



Quem me achar nessa foto ganha um presente de Natal, é só comentar e dizer o número.



O Liceu Franco Brasileiro era uma escola particular de excelência (para passar direto tinha que fazer 28 pontos, ou seja, média 7), estudavam brasileiros e franceses, juntos na maior paz, as vezes rolava um extresse... mas no final ficava tudo na boa. Liberdade, igualdade e fraternidade.

Quer conhecer melhor? Acesse >  http://www.liceufranco.com.br/

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Nova enquete: CORAGEM

É preciso que nos desliguemos daquilo que fizemos, por mais nobre que tenha sido a nossa ação. Se não nos consideramos diferentes das outras pessoas porque fazemos o bem, quando a adversidade aparece, nós a enfrentamos sem reclames ou revoltas.
Se, no entanto, estamos constantemente a espera de recompensas pelo que julgamos ter feito de bom, cada vez que surge um problema, pensamos: "Eu faço tudo direito, isso não deveria estar acontecendo comigo". Na prática, isto significa potencializar a dor, isto é, multiplicá-la pelo pseudo-valor que atribuímos a nós mesmos.

Não é exagero afirmar que, quanto maior for a pretensão de sermos bem tratados pelos nossos "méritos", maiores serão as frustrações, decepções e desilusões. O estrago da queda é proporcional à altura em que acreditamos estar.
Se, ao contrário, não nos considerarmos merecedores de homenagens, reconhecimentos e elogios, estaremos bem mais preparados para tolerar e compreender a ingratidão, a indiferença e a desonestidade.

Não que mereçamos o mal em decorrência do que fazemos de bom. Não é isso. Simplesmente não nos afetaremos tanto com a maldade, ao ponto de pensarmos que o bem não vale a pena, se apenas formos bondosos pela bondade, honestos pela honestidade e generosos pela generosidade. O verdadeiro bem é aquele praticado sem qualquer interesse, e unicamente por amor à Verdade.

Não há como negar que a ingratidão daqueles a quem ajudamos com sinceridade e carinho, abre feridas em nossos corações. Contudo, elas cicatrizarão mais rápido se compreendermos que aquilo que importa é a prática do bem, independentemente de quem tenha sido beneficiado por ela. A nossa insistência em agirmos do melhor modo que pudermos, dar-nos-á a sabedoria necessária para não cairmos em novas armadilhas. Um dos atributos da bondade é a prudência.

Ela é presenteada por Deus ao justo, para que ele, sem perder a pureza, possa se defender dos aproveitadores e trapaceiros.À medida que vamos progredindo moralmente, sentimos uma necessidade cada vez maior de melhorarmos a nós mesmos e de efetuarmos boas obras. O serviço aos outros torna-se um prazer. A ação correta e a palavra honesta não são mais meios para se atingir o paraíso, mas sim partes desse paraíso, componentes fundamentais do nosso bem estar.

Quem ama o bem, não pode viver sem ele. Quando pautamos de fato a nossa vida pelas virtudes, o sentido de estarmos vivos passa a ser o de sermos virtuosos. Para quem ama servir, ser o servidor de todos é a maior satisfação que se pode ter. Não há outras além dessa. O serviço a todos é o motivo maior da sua felicidade, e não a gratidão daqueles a quem serve. Como diz uma frase de pára-choque de caminhão: "O bom não é ser importante; o importante é ser bom!".

Se os outros não compreendem a nossa vontade de ajudar ou não nos agradecem pelo auxílio que prestamos, isso não é razão para desanimarmos. Ser bondoso não é ser considerado assim pelos outros, mas é seguir o chamamento espontâneo do próprio coração, que deposita toda sua esperança na oportunidade de prosseguir servindo sempre, e em nada além disso.

Ter bondade é ter a coragem de se dedicar integralmente ao bem, abrindo mão de toda recompensa... 

Dúvidas de Português

Alguns alunos não entendem muitas expressões e ideias de um texto por não compreenderem o uso da gramática. Eu me pergunto se isso é comum? Quando eu tenho uma dúvida eu procuro rapidamente na internet, escrever para os meus queridos alunos é muita responsabilidade.

Vamos tirar algumas dúvidas, por exemplo o ponto:

Ponto
O ponto tem uso ortográfico em dois casos: para indicar o fim de período declarativo e no final de abreviaturas (ex.: Sr., a.C., V.Sa.). No primeiro caso, a função é sintática e equivale à pausa do discurso oral. No segundo caso, trata-se de uma convenção ortográfica para orientar a leitura e sem correspondência no discurso oral.
fonte: http://www.radames.manosso.nom.br/gramatica/ortografia/ponto.htm
O que isso quer dizer? Quando se coloca o ponto você termina a frase, ou período como no texto acima. Isso faz com que o sentido da frase tenha começo e fim, não misturando as orações ou mesmo o sentido delas. Se quiser que o sentido da frase seguinte acompanhe a primeira você faz referência ou usa o conectivo apropriado.

Outra dúvida muito comum é quanto o uso das ASPAS, vamos lá:

ASPAS 
As aspas são usadas sempre em pares, uma no início e outra no fim do termo destacado. De modo geral, elas são usadas nas seguintes situações:
1- assinalar palavra ou trecho citado ou transcrito
Isso ocorre muito em jornais ou revistas, indicando expressões ou frases ditas por entrevistados, como no exemplo:
“Para mim, 2011 começou hoje, e nos focamos em aprender o máximo sobre os novos pneus”, falou o alemão, que volta a treinar hoje.
Também é possível usar aspas nos trabalhos escolares, marcando um trecho que foi copiado exatamente do modo como estava no texto pesquisado. Nesse caso, o recurso gráfico indica que o trecho pertence a outro autor, por isso, a ausência de aspas caracteriza apropriação indevida do texto alheio, ou seja, crime de plágio.
Em transcrições com mais de um parágrafo, colocam-se aspas no começo de cada parágrafo, mas apenas no final do último. 
Quando houver aspas no trecho que está sendo copiado (citado), usam-se aspas simples (‘ ‘) na citação interna, diferenciando-a da citação maior:
O autor afirma que “por pressão da direita conservadora,  a ‘generosidade natalina’ norte-americana excluiu os países pobres de certos programas de benefícios”.
Quanto à pontuação, ficará dentro das aspas se a frase estiver completa; se o trecho entre aspas estiver dentro de outro período, o ponto ficará fora. Exemplos:
“Ele já está recuperado.”
O técnico afirmou que “Ronaldo vai jogar”.
2- indicar nomes de publicações (científicas, literárias, da mídia) ou de obras artísticas
Também se incluem aqui outros  tipos de títulos, como de artigo de jornal, crônica, de revista, capítulo de livro.
Vejamos um exemplo:
 No artigo “Patrulhas sexuais”, Nelson Mota critica o moralismo norte-americano.
 3- assinalar o uso de palavras que fogem ao uso convencional, como jargões profissionais, gírias, palavras com erros gramaticais, expressões estrangeiras
Exemplo de uso, vou usar uma frase do meu próprio blog:
Não precisa ser um menino "santinho", nem uma  garota "santinha", muito menos um rapaz "divino", basta ser um ser humano educado!
Excluem-se os termos estrangeiros já incorporados e as palavras aportuguesadas.
4- destacar expressões sendo mencionadas e não usadas (no futebol, o termo “chapéu” pode significar um tipo de drible) ou com sentido especial, como indicando ironia
Vale lembrar que a ironia não é indicada para textos dissertativos, nos quais se deve evitar o uso de aspas indicadoras de sentidos especiais.
fonte: http://educacao.uol.com.br/disciplinas/portugues/aspas-como-utilizar-esse-recurso-grafico.htm

Se você sente muita dificuldade de entender os textos, ou mesmo entende de maneira errada, procure um profissional da educação, procure um professor de Português, ele explicará melhor para você.

Então galera, BOA LEITURA


145.000 acessos! Rumo à 150.000 acessos

Parabéns a todos alunos que passaram de ano, parabéns por terem dado o melhor que puderam. Estaremos juntos no ano que vem, vocês podem ter a certeza disso. Essa perspectiva é o que me anima, vocês são o ouro da cidade, ela é rica por conta de vocês. Rumo à 150.000 acessos!



sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Oscar Niemeyer


O arquiteto Oscar Niemeyer morreu às 21h55 desta quarta-feira, 5 de dezembro, no Rio de Janeiro aos 104 anos. Com a saúde debilitada, ele estava internado no Hospital Samaritano desde o começo de novembro devido a uma infecção renal. Inicialmente vítima de desidratação, ele também teve problemas nos rins e era submetido a hemodiálise, além de fisioterapia respiratória. Pela manhã, Niemeyer sofreu uma parada cardíaca e sua respiração passou a ser mantida por aparelhos em decorrência de uma infecção respiratória. Somente neste ano, o arquiteto foi internado ao menos três vezes.
Reconhecido mundialmente como um expoente da arquitetura moderna, Niemeyer era o mais famoso arquiteto brasileiro e deixou um legado de grandes obras espalhadas pelo país e em cidades dos EUA, Europa e África.
Na década de 50, foi convidado pelo então presidente da República, Juscelino Kubitschek, para projetar a nova capital do Brasil e foi encarregado de organizar o concurso para escolha do plano-piloto de Brasília. A capital federal coleciona hoje as principais obras-primas do arquiteto. 
Outras obras marcaram sua carreira, como o projeto do edifício Copan, cartão-postal de São Paulo, e o complexo da Pampulha, em Minas Gerais.
Homem de vida pública, Niemeyer sempre apoiou a política esquerdista e mantinha amizade com líderes socialistas, como o cubano Fidel Castro.
Mesmo com a idade avançada, o arquiteto manteve sua rotina de trabalho até 2009, quando ia diariamente ao seu escritório em Copacabana, na capital fluminense. 
Niemeyer foi casado duas vezes e teve apenas uma filha, já falecida. O arquiteto deixa mulher, cinco netos, treze bisnetos e quatro trinetos. Ele completaria 105 anos no próximo dia 15 de dezembro.













terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Cores Harmônicas


HARMONIA DE CORES OU ESQUEMA DE CORES
As cores harmoniosas são aquelas que funcionam bem em conjunto ou justapostas, e que produzem um esquema de cores atractivo.
O círculo cromático ou roda das cores pode ser utilizado de forma a ajudar na escolha das cores e combinações harmónicas.
Para trabalhar bem as harmonias, é sempre aconselhável conhecer alguns termos relacionados com a teoria das cores, como o conceito de tom, tonalidade, valor ou escala tonal, luminosidade, saturação.

Com estes conceitos em mente e tomando como base a roda de cores podemos definir os seguintes grupos de cores.

1. Harmonia Monocromática
cores-monocromaticasÉ a harmonia resultante de uma mesma cor da roda das cores. As tonalidades podem mudar, mas todas ficam no mesmo matiz da roda das cores.
O esquema ou harmonia monocromática utiliza variações de luminosidade e saturação de uma mesma cor.
Estas harmonias luzem simples e elegantes, de fácil percepção ao observador especialmente quando se trata de tons azuis e verdes.
A cor principal pode ser combinada com cores neutras, preto e branco, no entanto pode ser difícil quando se utiliza esta harmonia, ressaltar os elementos mais importantes.
Prós:
A harmonia monocromática, é simples de utilizar e sempre luz balançada e visualmente apelativa.
Contras:
Este esquema carece de contraste. Não é uma harmonia tão vibrante como a harmonia de complementares.
Dicas:
  • Quando realizar um trabalho com harmonia monocromática, utilize as luzes, sombras e tonalidades da cor principal para tornar mais interessante o trabalho.
  • Experimente o esquema análogo; ele oferece certas nuances ainda mantendo a simplicidade e elegância da harmonia monocromática.

2. Harmonia Análoga

cores-analogasÉ a harmonia formada de uma cor primária combinada com duas cores vizinhas na roda das cores. Uma cor é utilizada como a dominante enquanto que as adjacentes são utilizadas para enriquecer a harmonia.
Prós:
As harmonias análogas são tão fáceis de criar quanto as monocromáticas, no entanto são mais ricas.
Contras:
Um esquema de cores análogas carece de cor de contraste. Não é uma harmonia tão vibrante como a harmonia de complementares.
Dicas:
  • Evitar a utilização de muitos tons numa harmonia análoga, porque poderia destruir a harmonia.
  • Evitar a combinação de cores frias e quentes na mesma harmonia.

3. Harmonia Complementar

cores-complementares1É a harmonia que ocorre quando combinamos cores opostas na roda das cores. Em outras palavras, são cores que se encontram simétricas com respeito ao centro da roda. O Matiz varia em 180 º entre um e outro.
Esta harmonia funciona ainda melhor se são combinadas cores frias e cores quentes, como por exemplo vermelho com verde-azul ou azul com amarelo.Uma harmonia complementar é intrinsecamente uma harmonia de contraste.
E importante aquando utilizar esta harmonia, escolher uma cor dominante, e utilizar a complementar para acentos e toques de destaque. Como por exemplo utilizar uma cor para fundo e a outra para destacar os elementos de importância.
Prós:
A harmonia de contraste oferece uma combinação de alto contraste ideal para atrair a máxima atenção do espectador.
Contras:
Este esquema é mais difícil de balançar que os esquemas análogos ou monocromáticos, especialmente quando são utilizados coreis quentes não saturadas.
Dicas:
  • Para melhores resultados, é aconselhável escolher cores frias e cores quentes, como por exemplo azul e laranja.
  • Se se estiver a utilizar uma cor quente (vermelho ou amarelo) para ressaltar, é aconselhável utilizar uma cor fria não saturada para dar mais ênfase á cor quentes.
  • Evitar para esta harmonia a utilização de cores não saturadas quentes, como castanhos e ocres.
  • Utilizar o esquema duplo complementaria já que oferece mais variedade.

4.Harmonia Triádica

cores-triadicaÉ a harmonia onde usamos três cores equidistantes no circulo cromático. Por exemplo azul, amarelo e vermelho. Esse tipo de combinação consegue dar um efeito visual muito atraente.
Esta harmonia é muito popular entre os artistas porque oferece um alto contraste visual, ao mesmo tempo que conserva o balanço e a riqueza das cores. Esta harmonia não é tão contrastante como o esquema de complementares, mas aparece mais balançado e harmonioso
Prós:
Esta harmonia triádico oferece alto contraste mantendo a harmonia.
Contras:
Não é um esquema de tanto contraste como o esquema complementar.
Dicas:
  • Escolher uma cor para ser utilizada em maiores áreas que as restantes
  • Se a combinação tem aspecto de mau gosto, tente domina-las

5. Harmonia do Complemento dividido

cores-complementardivididoÉ a harmonia conseguida através da mistura de uma tonalidade da escala com as duas vizinhas da cor directamente oposta a primeira.
Esta é uma variante da combinação de harmonia de complementares. Que utiliza uma cor como principal e as duas cores adjacentes ao seu complementar.
Esta é uma harmonia que oferece um grande contraste sem a tensão do esquema complementar.
Prós:
Esta harmonia oferece mais nuances que o esquema complementar ao tempo que retem a força e contraste visual.
Contras:
Esta harmonia é mais difícil de balançar que as harmonias análogas ou monocromáticas
Dicas:
  • Utilizar uma cor quente como dominante e uma gama de cores frias para ajudar a dar mais ênfases á cor quente como por exemplo vermelhos contra azuis ou azuis-verdes ou laranjas contra azuis ou azuis-violetas
  • Evite utilizar cores quentes não saturadas como os castanhos ou ocres porque poderia arruinar o esquema.

6. Harmonia Dupla complementar

cores-duplacomplementarComo o nome indica, refere-se a harmonia conseguida por dois pares de cores complementares entre si.
Denominado por alguns como tetradas, estas combinações são as mais ricas de todas as harmonias, porque utiliza quarto cores sendo elas complementares em pares.
É no entanto uma harmonia muito difícil de trabalhar. Se as quatro cores são utilizadas em iguais proporções, a harmonia parecerá desequilibrada, pelo qual deverá sempre ser escolhida uma cor como a dominante e com esta dominar as restantes.
Prós:
Este esquema oferece uma maior variedade na sua combinação que qualquer das harmonias mencionadas.
Contras:
E a harmonia mais difícil de trabalhar.
Dicas:
  • Se o esquema parece desequilibrado, deverão ser dominadas ou subjugadas uma ou mais coes.
  • Evitar a utilização de coes puras em iguais proporções.


fonte:
http://www.amopintar.com/harmonia-das-cores

Trabalhando em sala de aula - Harmonia Análoga







sábado, 1 de dezembro de 2012

Parabéns filha, linda formatura

A minha "pequena" Luana mandou muito bem, já havia passado de ano no 3º bimestre, mas somente hoje foi a sua formatura. Eu falo e procuro dar o exemplo, estude sempre, sempre que você "aplica o seu tempo" em educação você tem retorno garantido. Cada ano de estudo equivale a 12% de aumento no seu salário, além de manter o cérebro em forma.





Luaninha feliz da vida, parabéns!!!