sábado, 28 de julho de 2012

Jogos Olímpicos - um pouco da sua história


Introdução

A cada quatro anos, atletas de centenas de países se reúnem num país sede para disputarem um conjunto de modalidades esportivas. A própria bandeira olímpica representa essa união de povos e raças, pois é formada por cinco anéis entrelaçados, representando os cinco continentes e suas cores. A paz, a amizade e o bom relacionamento entre os povos e o espírito olímpico são os princípios dos jogos olímpicos.

Origem dos Jogos Olímpicos

Foram os gregos que criaram os Jogos Olímpicos. Por volta de 2500 a.C., os gregos já faziam homenagens aos deuses, principalmente Zeus, com realização de competições. Porém, foi somente em 776 a.C. que ocorreram pela primeira vez os Jogos Olímpicos, de forma organizada e com participação de atletas de várias cidades-estado. 
Atletas das cidades-estados gregas se reuniam na cidade de Olímpia para disputarem diversas competições esportivas: atletismo, luta, boxe, corrida de cavalo e pentatlo (luta, corrida, salto em distância, arremesso de dardo e de disco). Os vencedores eram recebidos como heróis em suas cidades e ganhavam uma coroa de louros.
Além da religiosidade, os gregos buscavam através dos Jogos Olímpicos a paz e a harmonia entre as cidades que compunham a civilização grega. Mostra também a importância que os gregos davam aos esportes e a manutenção de um corpo saudável.
No ano de 392 d.C., os Jogos Olímpicos e quaisquer manifestações religiosas do politeísmo grego foram proibidos pelo imperador romano Teodósio I, após converter-se para o cristianismo.

Jogos Olímpicos da Era Moderna

No ano 1896, os Jogos Olímpicos são retomados em Atenas, por iniciativa do francês Pierre de Fredy, conhecido com o barão de Coubertin. Nesta primeira Olimpíada da Era Moderna, participam 285 atletas de 13 países, disputando provas de atletismo, esgrima, luta livre, ginástica, halterofilismo, ciclismo, natação e tênis. Os vencedores das provas foram premiados com medalhas de ouro e um ramo de oliveira.

As Primeiras Medalhas do Brasil

Jogos de 1920 – As medalhas foram conquistadas por Guilherme Paraense, na pistola rápida (ouro); Afrânio da Costa, na pistola livre (prata); e Guilherme Paraense, Afrânio da Costa, Sebastian Wolf, Dario Barbosa e Fernando Soledade, na pistola em equipe (bronze).


Guilherme Paraense e o revólver cedido pela delegação americana que possibilitou a 1ª medalha de ouro do Brasil. Quer saber mais?Clica aqui e fique por dentro dessa fascinante história  de superação e dedicação.


Meu pai, Capitão Adolpho (que está com o troféu), e a equipe campeã mundial de tiro de precisão, título militar obtido em 1963 na Dinamarca. Ele era um aficionado pelo "esporte", e desde de quando eu era pequeno, já dava instrução de tiro na Marinha e treinava no Stand do Fluminense. Eu digo "esporte" por que, na verdade o que eu queria era jogar bola e o "cara" queria dar tiro, rrsrsrs. Coisas de pai...


Nessa mesma competição, meu pai, que está de óculos escuros, ficou em quinto lugar no tiro rápido, modalidade em que o atirador tem um determinado tempo para atirar em silhuetas que se abrem e fecham.

Aqui um vídeo que ilustra um pouco dessa modalidade que era a especialidade do meu pai.

--------------------------------------------------------------------------------------------
O Brasil nas outras olimpíadas

AnoCidade-SedeOuroPrataBronze
1920Antuérpia111
1948Londres001
1952Helsinque102
1956Melbourne/Stocolmo100
1960Roma002
1964Tóquio001
1968México012
1972Munique002
1976Montreal002
1980Moscou202
1984Los Angeles152
1988Seul123
1992Barcelona210
1996Atlanta339
2000Sidney066
2004Atenas523
2008Pequim348


As medalhas do Brasil conquistadas até agora em Londres:


Nenhum comentário:

Postar um comentário